Blog PELEJAS
em 07/02/2011

Impossível  ao ver o gol de Rivaldo contra o Linense,  não associá-lo ao poema “Gol” de Ferreira Gullar.

A obra do jogador, agora são paulino, foi pura magia.

A obra do poeta, sempre vascaíno, é magia pura.

Confiram as duas obras de arte e tirem as suas próprias conclusões.


Gol de Ferreira Gullar

GOL de Ferreira Gullar

A esfera desce

do espaço

veloz

ele a apara

no peito

e a pára

no ar

depois

com o joelho

a dispõe a meia altura

onde

iluminada

a esfera

espera

o chute que

num relâmpago

a dispara

na direção

do nosso

coração.

 

GOL de Rivaldo

(Crédito da caricatura: Fraga)

por: Equipe Pelejas

em 04/02/2011

Não é pra menos que a nação corintiana esteja revoltada, mais uma vez o Corinthians se despede da Copa Libertadores da América.

Com Ronaldo e o forte elenco do Corinthians um gol da equipe adversária foi o bastante para o sonho de 2011 desmoronar.


Curiosamente, contra o Desportes Tolima, foi a segunda vez que o Corinthians decidiu seu futuro na Libertadores jogando fora de casa.

Pois vejamos:

Em 1977, não passou da Primeira Fase, portanto não houve uma partida decisiva.

Em 1991, pelas Oitavas de Finais, o empate por 1 a 1 com o Boca Juniors, no Morumbi, eliminou a equipe.

Na edição de 1996, nas Oitavas de Finais, decidiu a vaga em casa frente o Espoli. Já nas Quartas de Finais, venceu o Grêmio, em Porto Alegre, por 1 a 0, mas como tinha perdido o jogo de ida por 3 a 0, caiu fora.

Na Libertadores da 1999, pelas Oitavas de Finais, venceu o Jorge Wilstermann, por 5 a 2 jogando em São Paulo. Pelas Quartas de Finais, caiu frente o Pameiras, em jogos realizados no Morumbi.

Em 2000, pelas Oitavas venceu o Rosário Central por 3 a 2, e levou a vaga nos pênaltis por 4 a 3 jogando em casa. Nas Quartas de Finais, eliminou o Atlético Mineiro na partida realizada sob seus domínios por 2 a 1. Por fim, nas Semifinais, foi eliminado pelo Palmeiras, em partidas realizadas no Morumbi, campo neutro.

Na edição de 2003, perdeu para o River Plate no Pacaembu, por 2 a 1, na partida de volta.

Em 2006, novamente foi eliminado pelo River Plate no Pacaembu, por 3 a 1, na partida de volta.

Por fim, no ano passado, caiu no Pacaembu, após vencer o Flamengo por 2 a 1 e ser eliminado pelo critério de gol marcado fora de casa.

por: Equipe PELEJAS

em 24/12/2010

 

por: Equipe PELEJAS.com

em 24/11/2010

 

O mundo do futebol parou naquela noite de 19 de novembro de 1969.  Vasco e Santos disputavam uma partida pelo antigo Torneio Roberto Gomes Pedrosa, o Robertão.

 

O placar apontava1x1. Pelé é lançado por Clodoaldo e, com a marcação de dois jogadores vascaínos, vai ao chão dentro da área. O árbitro marca o pênalti. Duvidoso.

 

Repórteres do mundo inteiro estavam ali para registrar mais esse possível feito do Rei. Até a torcida do Vasco comemorou a marcação. O estádio inteiro gritava: “Pelé, Pelé, Pelé”.

 

A história do futebol teria mais um capítulo contado no estádio do Maracanã.

 

Não deu outra. “Ele”, como se referia Walter Abrahão, narrador esportivo, a Pelé, cobrou a penalidade firme e rasteiro no canto esquerdo do goleiro Andrada, que quase estraga a festa defendendo o indefensável.

 

Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, atingia mais um recorde dentro da sua fantástica carreira: 1000 gols marcados.

 

Um gol comentado no mundo inteiro, talvez até mais do que a própria descida do homem à Lua em 21 de julho daquele mesmo ano. O futebol sorria mais uma vez.

 

E você, o que teria a falar sobre os 1000 gols do Pelé?

 

(Imagem: Blog Odir Cunha)

 

 

 

 

 

por: Ailton Moraes

em 13/11/2010

A história do futebol brasileiro tem uma falha que, felizmente, muitos estão tentando reparar.

 

Para a CBF – Confederação Brasileira de Futebol , o Campeonato Brasileiro começou no ano de 1971, ou seja, antes desta data não haveria jogadores considerados campeões brasileiros, embora a antiga CBD – Confederação Brasileira de Desportos, tenha organizado torneios nacionais e oficiais durante toda a década de 60.

 

E aí, aparece a lamentável falha histórica.

 

Como podemos contar a história do futebol brasileiro sem considerar que jogadores como Pelé, Pepe, Dirceu Lopes, Tostão, Djalma Dias, Tupãzinho, Garrincha e Jairzinho, embora campeões da Taça Brasil e/ou do Torneio Robertão, não foram campeões brasileiros?

 

No texto abaixo, gentilmente cedido ao PELEJAS, Odir Cunha, historiador do nosso futebol e especialista em Santos Futebol Clube, escreve justamente sobre isso, confira:

 

 

Um telefonema de Joseph Blatter para Ricardo Teixeira, por Odir Cunha. 

 

 

 

         “Quer dizer que o Pelé nunca foi campeão brasileiro?” (Blatter, ventriloquando, para Teixeira)

 

O telefone toca na sede da CBF. Joseph Blatter, presidente da Fifa, pede para falar com Ricardo Teixeira.

 

- Olá presidente, o que manda?

- Hello Ricardo. Quero saber como anda esse processo de unificação dos títulos brasileiros. Tem muita gente ligando e enviando e-mails pra nós sobre esse assunto. Você poderia me explicar, por favor?

 

- É que alguns clubes querem que os títulos brasileiros sejam unificados a partir de 1959, presidente.

- Por que a partir de 1959, Ricardo?

 

- Porque é o ano da primeira Taça Brasil, que definiu o representante brasileiro para a Copa Libertadores da América de 1960. Querem que a CBF ratifique como campeões brasileiros os vencedores da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, período de 1959 a 1970.

- I know, I know… A Libertadores que se chamava Copa dos Campeões da América, pois só reunia times campeões de capa país, right? I know. E os vencedores da Taça Brasil representavam o país na Libertadores, Ricardo?

 

- Sim presidente, representava.

- Bem, então eram os campeões de cada ano, pois na época a Libertadores só aceitava um representante de cada país, right?

 

- Mas é isso que se está analisando, presidente…

- A Taça Brasil era uma competição oficial, Ricardo?

 

- Sim, presidente, mas era da CBD.

- Eu sei, Ricardo. E a CBD era presidida pelo grande João Havelange, seu ex-sogro. Você já deve ter falado com ele sobre isso, não?

 

- Ãhãhãhãh…

- E o que o Havelange fala sobre essas competições, Ricardo? Ele não diz que eram oficiais e definiam o campeão brasileiro?

 

- Sim, presidente, mas…

- E a sua CBF não foi criada a partir da CBD, Ricardo?

 

- Sim, presidente…

- E a CBF, que foi criada só em 1979, não colocou no seu currículo todos os títulos conquistados pela Seleção Brasileira nos tempos da CBD, e por isso você se diz presidente da entidade que tem a única seleção pentacampeã do mundo, Ricardo?

 

- Sim, presidente…

- E se você incorporou ao currículo da CBF os títulos da Seleção Brasileira dos tempos da CBD, por que não homologou essa Taça Brasil e esse Torneio Roberto Gomes Pedrosa, Ricardo?

 

- Sinto que há alguma oposição de outros clubes, presidente.

- Que clubes são esses?

 

- Clubes que não foram campeões nem da Taça Brasil e nem do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, presidente.

- Oh my God. No seu país clube perdedor pode anular o campeonato, Ricardo? Não acha que assim o futebol seria uma bagunça maior do que já é?

 

- É que eles alegam que… que…

- O que eles alegam, Ricardo?

 

- Alegam que, por exemplo, alguns campeões da Taça Brasil só jogaram quatro vezes.

- É esse o motivo maior para se anular a competição, Ricardo?

 

- Errr… é, acho que é, presidente…

- Então você quer dizer que o meu Mundial da Fifa deve ser anulado, só porque o campeão só faz dois jogos, Ricardo?

 

- Bem… não quis dizer isso, presidente…

- E os times que jogavam nessa Taça Brasil e nesse Torneio Roberto Gomes Pedrosa, eram expressivos, tinham algum jogador da Seleção Brasileira, Ricardo?

 

- Todos…

- Como assim, todos, Ricardo?

 

- Todos, titulares e reservas da Seleção Brasileira jogavam nesses times, presidente…

- Diga o nome de alguns jogadores, para ver se me lembro…

 

- Pelé, Tostão, Rivelino, Gérson, Clodoaldo, Zito, Mauro Ramos de Oliveira, Garrincha, Nilton Santos, Vavá, Gylmar dos Santos Neves, Didi, Tostão, Rivelino, Gérson, Ademir da Guia, Clodoaldo, Carlos Alberto Torres, Jairzinho, Paulo César Caju…

- Stop, stop, stop Ricardo!!! Quer dizer que Pelé, Tostão, Rivelino, Gérson, Carlos Alberto, Jairzinho, Zito, Clodoaldo e todos esses jogadores que fizeram do futebol do seu país conhecido e respeitado no mundo inteiro, jogaram essas competições oficiais e você ainda não as homologou, Ricardo. Por quê?

 

- Nosso departamento técnico está estudando, presidente…

- Seu departamento técnico está estudando competições realizadas há 50 anos e que reuniram as melhores gerações de jogadores que o seu país já teve, Ricardo?

 

- Ãhãhãhãh…

- Ricardo, daqui a quatro anos teremos uma Copa do Mundo aí. O mundo olha o Brasil como o berço do futebol arte, da beleza e da magia do esporte. E olha assim não por você, nem por nenhum dirigente, mas por causa desses jogadores que foram campeões e estão sendo ignorados, desprezados pela sua CBF.

 

- ……………….

- Sabe em que ano a Itália teve o seu primeiro campeão?

 

- ??????????

- Em 1896, Ricardo, há 114 anos. E para ser campeão, a Udine fez só dois jogos e ambos no mesmo dia. Mas não importa, era o que podia ser feito. E está nos anais do futebol italiano, com muito orgulho. Vocês têm um futebol tão rico, por que desprezar essa história?

 

- ………………

- Vamos tentar fazer uma grande Copa do Mundo aí. Um evento pra cima, alegre, que reverencie o futebol arte. Para isso, Ricardo, preciso ter ao nosso lado os maiores campeões que o seu país já teve. Entendeu, Ricardo? Do you understand my friend?

 

- Sim, sim, presidente…

E o telefone de Zurique foi desligado.

 

 

E você, o que acha de Pelé e Tostão, entre outros craques, não serem considerados oficialmente como campeões brasileiros?

por: Ailton Moraes

Exibindo posts 115 a 120 (total de 124)
Páginas:
001  002  003  004  005  006  007  008  009  010  011  012  013  014  015  016  017  018  019  020  021  022  023  024  025  
Enquete PELEJAS
Não há enquetes no momento. Aguarde!
Destaques
27/09/2017
11/06/2017
02/12/2016
31/10/2016
23/10/2016
Arquivo de Posts

Amigos do PELEJAS



@Pelejas
  • Rio-São Paulo do PELEJAS: Palmeiras campeão, Corinthians vice. https://t.co/13B8dBatpO em 22.12.2015 16:39
  • O Rio-São Paulo do PELEJAS (atualização até a 16a. rodada): http://t.co/2Dd58GcNES http://t.co/qzwyeJjjtH em 5.8.2015 09:40
  • O Rio-São Paulo do PELEJAS (atualização até a 10a. rodada): http://t.co/ncHaUUzAxs em 3.7.2015 12:02
Pelejas nas redes sociais
Blog Pelejas Dihitt Pelejas Facebook Pelejas Nossa comunidade no Orkut Aconpanhe nosso RSS/Feed