Blog PELEJAS
em 14/04/2014

Classificação atualizada em 13/abril/2014:

Como foi feito o cálculo dos pontos:

Cada equipe recebe de início 1000 pontos que serão divididos pelo número de anos de sua existência.
O resultado obtido é quanto vale cada campeonato conquistado por essa equipe.
Cada vice-campeonato vale a quarta parte do valor do campeonato.

Exemplo: imaginemos um time que tenha sido fundado em 1961. Seus 1000 pontos serão divididos por 53 (2014 - 1961), obtendo-se 18,87 para o valor de cada campeonato conquistado por esse time. Cada vice-campeonato valerá 4,72 pontos.
Se esse time conquistou 4 campeonatos e 5 vice-campeonatos, acumulará um total de 99,08 pontos.

Observação:

- o ranking tem como foco os resultados obtidos pelas 4 equipes mais vencedoras do futebol paulista (Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo).

Você concorda com os nossos critérios? Teria alguma sugestão?

por: Equipe PELEJAS.com

em 12/12/2013

Já atualizado com a conquista do Lanus e o vice da Ponte Preta.

Critérios para pontuação:

- cada título contabiliza 40 pontos;
- cada vice-campeonato contabiliza 10 pontos;
- presença na semifinal contabiliza 5 pontos.

Critérios de desempate:

- maior número de títulos;
- maior número de vice-campeonatos;
- maior presença nas semifinais;
- quem obteve mais recentemente a melhor colocação.

Ranking PELEJAS da Copa Sul-Americana - atualização 2013

O que você achou do nosso ranking?
por: Equipe Pelejas.com

em 03/12/2013

Atualizado com a conquista do Flamengo e o vice do Atlético-PR em 2013.

Critérios para pontuação:

- cada título contabiliza 32 pontos
- cada vice-campeonato contabiliza 8 pontos
- presença na semifinal contabiliza 4 pontos 

Critérios de desempate:

- maior número de títulos
- maior número de vice-campeonatos
- maior presença nas semifinais
- quem obteve mais recentemente a melhor colocação

RANKING PELEJAS / COPA DO BRASIL

Você concorda com os nossos critérios? Teria alguma sugestão?

por: Equipe Pelejas.com

em 02/11/2013

O Estádio do Pacaembu nos remete às lembranças de quando São Paulo era a terra da garoa, de quando era uma cidade romântica, em que não havia tanta correria, estresse, trânsito, poluição.

O Pacaembu é um estádio único. Assistir a uma partida de futebol no Pacaembu é como assistir a um balé no Teatro Bolshoi, uma luta no Coliseu, uma exposição no Louvre, uma missa na Basílica de São Pedro.

O Pacaembu é história viva, é tradição, é paixão, é emoção. Esse é um ideal que todos os torcedores paulistanos compartilham. Na verdade, o Pacaembu não é um gigante sem dono. Ele é um gigante de que todos nós somos donos.

O Museu do Futebol não poderia ser construído em nenhum outro lugar senão no Pacaembu, pois o próprio estádio é um museu, que conta boa parte da história do futebol brasileiro. Estádio com alma própria, que viu o rei do futebol marcar 115 gols em 119 jogos.

O Pacaembu é a casa de todos os paulistanos que gostam de futebol. Ele é um símbolo arquitetônico da cidade de São Paulo. Nenhuma das novas "arenas" erguidas no Brasil se compara à beleza desse estádio. A mística do Pacaembu é uma coisa que só ele tem e que jamais "arena" alguma terá.

O Pacaembu vive no coração e na mente de cada torcedor e cidadão paulistano. Ele é eterno, intocável, imaculável.

por: Eduardo Vasco

em 11/09/2013

A camisa do Corinthians não surgiu alvinegra como muitos pensam. O primeiro uniforme do time foi bege, que era uma homenagem ao clube no qual foi copiado o nome, Corinthian da Inglaterra, time que fez uma excursão ao Brasil em 1909 e jogou contra a Ponte Preta. Hoje o time brasileiro se tornou maior que o homenageado inglês, pois o clube deixou de ser profissional após cair para a quinta divisão do campeonato da Inglaterra.

A cor bege não durou muito tempo, pois o Corinthians era um clube de operários e os uniformes eram costurados a partir de sacos de farinha reaproveitados. Percebeu-se que após as primeiras lavagens ele perdia a cor, então os organizadores resolveram assumir o branco. Isso aconteceu ainda em 1910, ano de fundação do clube.

Somente em 1954 o time criou o segundo uniforme preto com listras brancas,  e desde então não mudou muito essas características.

O Corinthians utilizou uniformes especiais em alguns jogos.

Em 1949 usou uma camisa grená em homenagem à delegação do Torino da Itália, que morreu em um acidente de avião.

Em 1969 a equipe teve que atuar com um uniforme improvisado listrado em amarelo e preto. Esse fato aconteceu em Lima no Peru, em um jogo amistoso contra o Universitário. O time da casa possuía também uniforme branco e não tinha condições de modificar seu vestuário.

Antes disso em 1965 num amistoso contra o Arsenal da Inglaterra, o clube representou o Brasil em um amistoso contra a Inglaterra, por isso utilizou a cor azul.

Hoje essas cores são homenageadas nos terceiros uniformes da equipe. Por exemplo, em 2012 o clube utilizou a cor grená para relembrar a história de 1949, e em 2013, quando utilizou a cor azul, para lembrar o dia que representou a Seleção Brasileira. Também já utilizou o roxo e o branco com listras douradas para o aniversário de 100 anos.


por: http://www.futfanatics.com.br/

Exibindo posts 5 a 10 (total de 122)
Páginas:
001  002  003  004  005  006  007  008  009  010  011  012  013  014  015  016  017  018  019  020  021  022  023  024  025  
Enquete PELEJAS
Quem será o campeão paulista de 2017?

Corinthians
Ponte Preta
Destaques
02/12/2016
31/10/2016
23/10/2016
22/12/2015
24/11/2014
Arquivo de Posts

Amigos do PELEJAS



@Pelejas
  • Rio-São Paulo do PELEJAS: Palmeiras campeão, Corinthians vice. https://t.co/13B8dBatpO em 22.12.2015 16:39
  • O Rio-São Paulo do PELEJAS (atualização até a 16a. rodada): http://t.co/2Dd58GcNES http://t.co/qzwyeJjjtH em 5.8.2015 09:40
  • O Rio-São Paulo do PELEJAS (atualização até a 10a. rodada): http://t.co/ncHaUUzAxs em 3.7.2015 12:02
Pelejas nas redes sociais
Blog Pelejas Dihitt Pelejas Facebook Pelejas Nossa comunidade no Orkut Aconpanhe nosso RSS/Feed